terça-feira, 28 de maio de 2024
- Anúncio -spot_img

Oração a Xangô

Oração a Xangô

Senhor Xangô, rei da justiça e da firmeza,
Em tuas mãos coloco minhas aflições e incertezas.
Com teu machado de pedra, corta o que não serve,
Ilumina meu caminho, protege-me em tua reserva.

Que se faça a sua vontade, soberano Xangô,
No fogo da verdade, encontro o meu abrigo.
Com a força do trovão, afasta o mal que me atormenta,
Elevando minha espiritualidade, em tua luz me sustenta.

Xangô, senhor da balança e da retidão,
Que a justiça divina guie meu coração.
Que a sua sabedoria inspire minhas ações,
E na sua benevolência encontre as soluções.

Kaô Cabecile, Kaô meu pai Xangô!

Saiba mais sobre a Oração a Xangô

Essa Oração a Xangô é específica para a Umbanda porque Xangô é um dos Orixás cultuados nessa religião de origem africana, que mistura elementos do Candomblé, do espiritismo e de tradições indígenas. Na Umbanda, Xangô é visto como um grande justiceiro, senhor do fogo e da justiça divina, sendo invocado em momentos que se precisa de equilíbrio, firmeza e proteção espiritual. A oração a Xangô na Umbanda é uma forma de conexão com a energia desse Orixá, buscando sua ajuda e orientação em questões relacionadas à justiça, ao equilíbrio e à força interior. É um exemplo do sincretismo religioso presente nessa prática, que mescla tradições africanas com influências espiritualistas e católicas, tornando-a única e rica em significados.

Avalie este post

Livia Serra de Luz
Livia Serra de Luz
Lívia Serra de Luz é uma dedicada estudiosa e praticante da Umbanda, compartilhando essa paixão com seu marido, João Carvalho de Luz, há mais de 15 anos. Nascida na vibrante Salvador, Bahia, Lívia foi envolvida desde cedo pelos ricos elementos culturais e espirituais que permeiam a cidade, berço da Umbanda. Seu interesse pelas raízes espirituais do Brasil se entrelaça com o amor pela natureza e pelas tradições orais que ecoam a sabedoria ancestral.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos mais lidos

Comentários

Avalie este post