sábado, 25 de maio de 2024
- Anúncio -spot_img
InícioOrixás e Guias EspirituaisAs Ocultas Mensagens dos Orixás na Umbanda

As Ocultas Mensagens dos Orixás na Umbanda

Mensagens dos Orixás na Umbanda

A Umbanda, com sua riqueza de crenças e tradições, nos ensina que as mensagens dos Orixás é uma prática constante e significativa. Ela não funciona como uma conversa humana simples, onde usamos palavras e frases para expressar nossos sentimentos e pensamentos. Ao invés disso, essa comunicação se baseia na expressão não verbal, capaz de traduzir mensagens profundas e orientações divinas para os seguidores da Umbanda.

Nós, seres humanos, estamos constantemente transmitindo sinais e mensagens através de nossos corpos, ações e até mesmo ausência de ação. Estas formas não verbais de comunicação são precisamente como os Orixás se comunicam conosco. Por meio de sinais, sonhos, sensações e acontecimentos cotidianos, os Orixás enviam suas mensagens, influenciando nossas escolhas e nos guiando por nossos caminhos terrenos.

Para se comunicar efetivamente com os Orixás, é importante cultivar uma percepção aguçada do mundo ao nosso redor e de nosso interior. É comum que as mensagens enviadas pelos Orixás se apresentem de forma sútil, exigindo de nós, portanto, uma abertura ao sagrado em nosso dia a dia. Esse exercício de percepção e entendimento é uma parte integral da prática da Umbanda.

Detalhes da comunicação com os Orixás

Os sinais dos Orixás

Os Orixás frequentemente comunicam suas orientações e mensagens através de sinais. Estes sinais podem se manifestar de várias formas – um bambuzal que balança inexplicavelmente, uma pluma que desce graciosamente em nossa frente, um trovão que ressoa no céu azul. O importante é estar aberto e atento a esses sinais, percebendo e honrando sua presença quando eles se manifestam.

O sonho como mensageiro

Para muitos seguidores da Umbanda, os sonhos desempenham um papel crucial na comunicação com os Orixás. Muitas vezes, estes seres divinos utilizam nossos sonhos como um portal para transmitir mensagens, orientações e revelações divinas. Portanto, além de se lembrar dos sonhos, é crucial interpretá-los e entender o que cada símbolo, pessoa ou ação pode representar.

A sensação como guia

A sensação é outro meio poderoso através do qual os Orixás podem se comunicar conosco. Seja uma sensação física, como um frio repentino, ou uma emoção forte, como uma alegria inexplicável, estas sensações podem ser mensagens diretas dos Orixás. Aprender a distinguir e confiar nessas sensações é uma habilidade importante para aprofundar a conexão com estas divindades.

I. Mensagens de Oxalá

Como Orixá maior do panteão Africano, Oxalá é muito respeitado na Umbanda. Ele simboliza a criação do mundo e a essência divina que permeia toda a vida. Seus sinais e mensagens podem ser sutis, mas quando claramente percebidos, conduzem a uma profunda sensação de paz e harmonia.

Os sinais de Oxalá podem se dar por meio de manifestações pacíficas, trazendo calma e tranquilidade àqueles que os percebem. Pode ser um gesto amoroso de um estranho, um momento inesperado de silêncio em meio ao caos, ou a simples visão de um pombo branco – o animal associado a este Orixá. Seja qual for a forma, os sinais de Oxalá sempre carregam a promessa de paz e esperança.

A presença de Oxalá em sonhos geralmente indica um chamado para a paz e a harmonia em sua vida. Se você sonha com esse Orixá, é provável que esteja sendo chamado para lidar com os conflitos e tensões em sua vida de uma maneira mais calma e pacífica. Ele pode também estar te mostrando a necessidade de buscar a harmonia em suas relações e ações, incentivando a prática da bondade, da piedade e da caridade.

II. Mensagens de Ogum

Ogum tem muitas formas de se comunicar conosco, mas as mais evidentes geralmente envolvem situações que exigem coragem e firmeza. Ao encarar obstáculos inesperados ou adversidades que parecem impossíveis de superar, pode ser um aviso de Ogum para fortalecer o espírito e enfrentar as provações com bravura. Afinal, neste Orixá está a força para romper barreiras e construir caminhos.

Ao mesmo tempo, é importante perceber a presença de Ogum nas vitórias que conquistamos. Quando derrubamos as barreiras que bloqueiam nosso progresso ou defendemos com sucesso nossas crenças e princípios, Ogum está lá, celebrando conosco. Ele é o guerreiro que nos impulsiona a lutar, mas também o protetor que nos ajuda a manter nossa integridade e a valorizar nossas vitórias.

Apesar de sua ferocidade, Ogum também tem uma mensagem de amor e proteção. Ele nos mostra que a verdadeira força não é apenas física. A coragem de Ogum vem do amor – amor pela vida, amor pela justiça, amor pelo próximo. Quando ouvirmos o grito de Ogum, precisamos lembrar que ele vem do coração. E é esse amor que nos ajuda a superar os obstáculos mais difíceis e a alcançar nossos objetivos mais importantes.

A Coragem de Ogum

Ao pensar em Ogum, a primeira coisa que muitos associam é a coragem. Está aí o grande ensinamento que esse Orixá passa para nós: a coragem de enfrentar as adversidades e de seguir adiante, mesmo quando tudo parece ir contra. Muitos contam que puderam sentir a presença de Ogum em momentos de lutas e desafios, seja uma batalha pessoal ou um obstáculo em nossa jornada espiritual.

Não importa o quão assustadora a situação possa parecer, Ogum nos lembra que todos nós temos uma força interior que pode nos ajudar a superar qualquer obstáculo. Sua energia combativa e protetora está lá para nos ajudar a nunca desistir e a lutar contra qualquer coisa que esteja nos impedindo de sermos a melhor versão de nós mesmos.

Ogum e a Justiça

De todas as características atribuídas a Ogum, uma das mais fortes é o seu senso infalível de justiça. Ogum luta pela verdade, pela justiça e pelo bem-estar de todos. Ele não tolera injustiças, e aqueles que se veem em situações de opressão ou falsidade podem encontrar em Ogum um poderoso aliado.

III. Mensagens de Iansã

Lanço promessas ao vento, mas não posso deixar de notar a força natural que envolve o mundo umbandista, especialmente quando falamos sobre Iansã, a rainha dos ventos e tempestades. Ela se comunica através de sinais presentes na própria natureza.

A Comunicação por Meio dos Fenômenos Naturais

A primeira característica que devemos enfatizar é a maneira profunda de Iansã se comunicar por meio dos fenômenos naturais. A umbanda acredita que o universo é um emaranhado de energia e que tudo o que acontece na natureza tem uma mensagem de ordem espiritual. Quando se trata de Iansã, a alteração no clima ou a presença de ventos fortes não é mera coincidência ou resultado das mudanças climáticas, mas um possível sinal enviado por essa poderosa Orixá.

Por ser conhecida como a Senhora dos Ventos e das Tempestades, qualquer mudança significativa relacionada a estes elementos pode ser vista como uma manifestação de Iansã. Não se trata apenas de temer esses sinais, mas de compreendê-los e procurar o significado por trás de cada um deles.

Por exemplo, um vento forte repentino pode pontuar a necessidade de mudança drástica, enquanto um brando pode significar a importância de pequenos ajustes na vida cotidiana. O importante é entender que, na umbanda, nada acontece por acaso e cada sinal natural tem uma explicação espiritual.

Transformações Necessárias

Uma das mensagens mais fortes que Iansã pode transmitir é a necessidade de transformação. Como a característica dessa Orixá é a mudança, um sinal claro de Iansã pode indicar a urgência de alterar aspectos da vida. A mudança pode parecer assustadora, mas é importante lembrar que na natureza nada é estático.

E lembre-se, a transformação que Iansã pode estar assinalando não é necessariamente física. Pode ser uma mudança de atitude, um novo caminho de vida ou mesmo a abertura do coração para novas possibilidades. O importante é estar aberto e estar atento aos sinais.

É essencial pensar nestes sinais como um empurrão positivo, uma motivação para avançar e realizar mudanças necessárias para a melhoria. Afinal, Iansã é compassiva e quer apenas o melhor para aqueles que a adoram e respeitam.

A Chegada de um Período de Lutas

Outra interpretação comum das mensagens de Iansã, principalmente quando os sinais manifestam-se na forma de tempestades, é a chegada de um período de lutas. Mas antes de ceder à preocupação, é importante entender que nem todas as lutas são negativas. Muitas vezes, as lutas são necessárias para o crescimento e desenvolvimento pessoal. Caminhos fáceis raramente levam a destinos valiosos.

Afinal, Iansã é também a Orixá guerreira, que representa a luta constante contra as adversidades. Então, se você percebe sinais de que uma tempestade está vindo, prepare-se! Não é momento de temer, mas de armar-se com coragem, determinação e sabedoria para enfrentar o que está por vir.

O fundamental é saber que você não está sozinho. O próprio fato de receber um aviso da chegada de um período de lutas é um sinal que Iansã está com você, pronta para ajudá-lo a enfrentar essas dificuldades e triunfar no final.

IV. Mensagens de Xangô

Por seu domínio ser o da justiça e do equilíbrio, Xangô, um dos orixás mais reverenciados na umbanda, tem uma forma de comunicação bastante distinta. Ele se manifesta por meio de situações onde os princípios de equidade estão em jogo. Seja num ajuste de contas financeiro, uma desavença familiar ou qualquer outro cenário onde a justiça precisa ser servida, as mensagens divinas enviadas por Xangô são especialmente potentes.

A manifestação divina através de Xangô pode ocorrer de maneira simbólica ou literal. Alguns umbandistas acreditam que a presença de Xangô pode ser sentida através de fenômenos naturais como trovoada e raios, que são vistos como símbolos de sua energia poderosa e transformadora. Outros sugerem que a justiça de Xangô pode ser sentida em decisões legais, veredictos de tribunal e outros processos judiciais.

O Equilíbrio na Justiça

Xangô não está apenas preocupado com a aplicação da lei, mas também com o equilíbrio justo. Isso significa que suas mensagens podem ser sutis e nem sempre resultam em punição. Às vezes, Xangô pode estar enviando sinais de que é hora de perdoar, de deixar ir ou de buscar uma resolução pacífica. Afinal, a justiça não reside apenas na punição, mas também na recuperação e no equilíbrio das partes envolvidas.

O Raiar de Xangô

A presença de Xangô também se manifesta nos momentos mais difíceis, quando as forças da vida parecem estar contra nós, pois é justamente nesses momentos que a justiça tem maior chance de brilhar. Xangô, portanto, é um guia poderoso para aqueles que estão passando por dificuldades e necessitam encontrar justiça, seja em relação a si mesmos ou às situações ao seu redor.

V. Mensagens de Oxum

Orixá Oxum, deusa dos rios e cascatas, da riqueza e do amor. Oxum é conhecida por se comunicar através da água, um elemento tão vital e transformador como o amor que ela representa.

Uma visita inesperada a um rio ou cachoeira, por exemplo, pode ser uma mensagem da doce Oxum, fazendo-nos perceber a necessidade de balançar nossas emoções e cuidar dos nossos relacionamentos. Em momentos de turbulência, a água de Oxum é um chamado para a serenidade, para o amor próprio e a paciência, lembrando-nos de fluir como o rio, em constante movimento, mas sempre na direção certa.

Na Umbanda, as mensagens divinas não precisam ser gritadas aos quatro ventos – elas chegam a nós nas mais simples manifestações da natureza. E ninguém melhor do que Oxum, com sua simplicidade e sabedoria, para usar a própria vida como um canal de comunicação e ensinamento.

O simbolismo da água em Oxum

Falar de Oxum é falar de água, e entender o simbolismo da água é essencial para compreender as mensagens que Oxum nos envia. A água, na sua forma mais pura, é uma fonte de vida e renovação, capaz de se adaptar e transformar, assim como Oxum orienta seus filhos e filhas a fazerem em suas vidas.

Mas a água também tem seus mistérios e profundezas. Assim como os rios, nossa vida pode ter correntezas furiosas e recantos serenos. E é no equilíbrio entre esses extremos que Oxum nos aconselha a buscar nossa harmonia. Não à toa, muitos dizem que o convite de Oxum é para aprender a “nadar” nas águas da vida, com sabedoria e amor.

Abrir-se à comunicação de Oxum é permitir-se navegar pelo rio da vida sem medo do que está por vir, encarar as cascatas como oportunidades de limpeza e renovação e encontrar na calmaria das águas o refúgio para curar as emoções desequilibradas.

VI. Mensagens de Omolu

Em primeiro lugar, você tem que entender que Omolu, também conhecido como Obaluayê, é um dos Orixás de maior força na Umbanda. Ele está intimamente ligado com a vida e a morte, o início e o fim, o nascimento e o passar para o outro plano. Ou seja, Omolu está envolvido em partes cruciais do nosso cotidiano.

Muitas vezes, as mensagens de Omolu podem parecer difíceis de serem compreendidas. Por vezes até duras, como quando nos deparamos com doenças. Mas, acredite, elas são sempre motivadas pelo amor desse Orixá por seus filhos e pela humanidade. Ele nos desafia para que possamos crescer, esse é o seu jeito peculiar de se comunicar.

Mas como identificar as mensagens de Omolu? Acredite ou não, situações inusitadas como a visita de pessoas enfermas podem ser uma forma de comunicação. Os desafios de saúde também podem ser uma mensagem de que é hora de se cuidar, tanto fisicamente quanto espiritualmente.

Identificando as Mensagens de Omolu

Para identificar as mensagens de Omolu, é preciso desenvolver uma percepção aguçada e um coração aberto. Embora recebamos constantemente mensagens espirituais, a nossa rotina acelerada e falta de conexão com o sagrado muitas vezes nos impedem de percebê-las.

Observe o dia a dia e as pessoas ao seu redor. As doenças, embora possam ser um aviso de Omolu para você cuidar da própria saúde, também podem ser manifestações físicas daquilo que precisa ser curado no âmbito espiritual. Essa é uma das características mais marcantes desse Orixá: mostrar que o físico e o espiritual estão intrinsecamente ligados, e que é preciso cuidar bem de ambos.

O propósito da nossa vida aqui é o crescimento espiritual. As situações difíceis são as sementes dos ensinamentos mais valiosos e os gatilhos para as transformações mais profundas. Quando você acolhe e compreende a mensagem de Omolu, começa verdadeiramente a caminhar em direção à sua melhor versão.

Interpretação das mensagens de Omolu

Interpretar as mensagens de Omolu é um desafio que exige sensibilidade e intuição. Se você está passando por desafios na saúde física, pode ser que Omolu esteja pedindo que você também cuide de sua saúde espiritual. Lembre-se, a espiritualidade na Umbanda não é separada do viver cotidiano, eles são uma coisa só.

Se você conhece alguém que está doente, isso pode ser um alerta para que você olhe para dentro de si mesmo e pergunte: Como estou me sentido? Há algo em minha vida que eu precisaria curar? Omolu leva a humanidade a reconhecer que o corpo físico é um templo sagrado e deve ser tratado com respeito e cuidado.

Para aqueles que desejam se conectar com Omolu, o caminho é oferecer a ele sua sinceridade e abertura de coração. Omolu acompanha todos os seus filhos em seu crescimento pessoal e espiritual, e suas mensagens guiam aqueles dispostos a escutar.

VII. Mensagens de Nanã

Nanã, a venerada Orixá das águas primordiais e da sabedoria ancestral, detém um papel fundamental na Umbanda, sendo reverenciada por sua conexão com as origens da vida e a profundidade do conhecimento cósmico. Suas mensagens, embora discretas, transmitem uma aura de serenidade e entendimento profundo, guiando aqueles que as recebem em direção à sabedoria e à introspecção.

Os sinais de Nanã muitas vezes se manifestam de maneira sutil, como um suave fluxo de água, lembrando-nos da fluidez e da constante transformação da existência. Podem também surgir em momentos de reflexão profunda, quando somos instigados a buscar respostas nas camadas mais profundas de nossa consciência. A presença de uma tartaruga, animal associado a Nanã, pode também indicar sua influência, lembrando-nos da importância da paciência e da persistência na jornada da vida.

Em sonhos, a aparição de Nanã pode ser interpretada como um chamado para mergulhar nas águas do autoconhecimento e da espiritualidade. Seus símbolos e imagens podem revelar insights sobre questões existenciais e a necessidade de cultivar a sabedoria interior. Ao sonhar com Nanã, somos convidados a honrar as tradições e a conectar-nos com as raízes de nossa própria jornada espiritual, buscando compreender os mistérios da vida com humildade e reverência.

VIII. Mensagens de Iemanjá

Como a majestosa Orixá das águas salgadas e dos mares profundos, Yemanjá é venerada na Umbanda por sua influência maternal e protetora. Suas mensagens são como as ondas do oceano, fluindo com uma energia de amor e nutrição, envolvendo-nos em seu abraço acolhedor e reconfortante.

Os sinais de Yemanjá frequentemente se manifestam através da presença tranquilizadora do mar, lembrando-nos de nossa conexão com a natureza e a necessidade de fluir com as marés da vida. Pode ser um encontro fortuito com conchas na praia, ou o avistamento de gaivotas dançando nas correntes de ar – ambos símbolos associados a essa poderosa Orixá. Esses sinais nos convidam a mergulhar em nossas emoções mais profundas e a buscar a cura e a purificação através da conexão com nossa própria essência.

Em sonhos, Yemanjá pode aparecer como uma mãe amorosa, oferecendo conforto e proteção em tempos de dificuldade. Seus sonhos podem revelar mensagens de autocuidado e nutrição emocional, incentivando-nos a cuidar de nós mesmos e daqueles que amamos. Ao sonhar com Yemanjá, somos lembrados de que estamos sempre envolvidos pelo amor incondicional dessa poderosa Mãe das Águas, que nos guia com sua sabedoria ancestral e nos sustenta com sua graça divina.

Perguntas mais Frequentes

Como os Orixás se comunicam conosco na Umbanda?

Os Orixás se comunicam conosco por meio de sinais, sonhos, sensações e eventos do cotidiano, transmitindo mensagens e orientações divinas de forma não verbal.

Quais são os sinais mais comuns dos Orixás na Umbanda?

Os sinais dos Orixás podem se manifestar de várias formas, como fenômenos naturais, encontros fortuitos, mudanças de sentimentos e até mesmo em sonhos, dependendo da energia e do domínio de cada Orixá.

Como podemos interpretar os sonhos relacionados aos Orixás na Umbanda

Os sonhos relacionados aos Orixás na Umbanda podem ser interpretados como mensagens divinas, transmitindo orientações, alertas ou insights sobre questões espirituais e cotidianas, incentivando-nos a refletir e agir de acordo com essas revelações.

Avalie este post
Livia Serra de Luz
Livia Serra de Luz
Lívia Serra de Luz é uma dedicada estudiosa e praticante da Umbanda, compartilhando essa paixão com seu marido, João Carvalho de Luz, há mais de 15 anos. Nascida na vibrante Salvador, Bahia, Lívia foi envolvida desde cedo pelos ricos elementos culturais e espirituais que permeiam a cidade, berço da Umbanda. Seu interesse pelas raízes espirituais do Brasil se entrelaça com o amor pela natureza e pelas tradições orais que ecoam a sabedoria ancestral.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos mais lidos

7 Fundamentos da Umbanda

De Onde vem os Orixás

A Poderosa Oração a Oxalá

Comentários

Avalie este post